Bem-Vindo ao cartaoprepago.org


Um pouco de história sempre é bom. O cartão de crédito surgiu nos 20 nos Estados Unidos. No início era somente dado aos clientes mais fiéis. Então, na década de 50, Frank MacNamara cria o Diners, que era feito de papel cartão. No Brasil, em 1966 a credicard lança o primeiro cartão de crédito de banco. E assim vai indo muito bem, e dando muita dor de cabeça a quem não tem controle, o ciclo de vida destes cartões.

Na era do dinheiro virtual, no dinheiro de plástico, os cartões eletrônicos estão em toda a parte e são aceitos em todos os lugares. Ninguém viaja mais sem ele. Os bancos e financeiras estão sempre inovando em produtos e serviços atrelados aos cartões de crédito e débito, oferecendo mais comodidade ao clientes. Mas cartões de crédito e débito só pode ser emitidos para quem tem conta corrente aberta em banco. Deste modo uma boa parte da população fica de fora. O banco Central estima que mais de 50 milhões de brasileiros não possui conta corrente.

De olho neste enorme mercado, as maiores administradoras de cartões, lançaram em 2011 no Brail os cartões pré-pagos. São cartões classificados como multi-uso mas em suma são cartões de débito e de saque, onde o consumidor carrega com determinado valor. Uma excelente uma opção para quem quer planear melhor os gastos mensais.

Para entender melhor como funciona vamos compará-lo a uma telefone pré-pago: você só poderá usar o valor da regarga efetuada Simples. Alguns destes cartões oferece a opção de compra pela Internet o que deixa este carão mais completo e mais vantajoso, pois a companhias aéreas oferece tarifas mais baixas para quem compra pela Internet. São milhares de pessoas que querem efetuar compras pela Internet mas, na maioria das vezes, os sites de comprar só oferecem a opção de comprar pelo cartão

Mesmo sendo um produto recente no mercado financeiro, o cartão de crédito pré-pago já é sucesso. O banco do Brasil, onde o cartão tem a bandeira Visa, desde o seu lançamento já emitiu quase um milhão de plásticos. E o banco vai além e diz que e 2020, 10% de todos os pagamento efetuados no país serão realizados através deste cartões. Em alguns países, a aceitação deste tipo cartão é muito grande.

Mas neste mundo financeiro nada vem de graça e com este tipo de cartão não podia ser diferente. Os banco cobram a tarifas de emissão, alguns cobram também taxa de manutenção mensal. As recargas e os saques também são tarifados e os valores variam entre R$ 0,90 e R$ 2,00 para recarga e R$ 3,0 a R$ 7,00. algumas empresas tema a tarifa de saque isenta. os limites de recarga também são variados podendo chegar até R$ 10.000,00.

O cartão pré-pago também apresenta como uma ótima oportunidade para quem está sem crédito, com problemas de restrição. As possibilidades de uso do cartão são muitas e ajudam no controle de despesas Alguns pais utilizam este serviço como mesada para os filhos. Este serviços de mesada é muito procurado por que deste modo, os pais tem um maior controle sobre os gastos dos filhos com mesada.

Outra possibilidade de uso deste serviço, é o uso corporativo que trás mais segurança para empresa e funcionários. A empresa poderá determinar quando cada funcionário irá gastar e deste assim ter um maior controle financeiro.

O uso do cartão pré-pago em viagens também vem crescendo muito e se mostrando muito vantajoso na hora da conversão de moedas, pois o cartão oferece a possibilidade de saque em moeda local e pode ser recarregado em qualquer lugar e em qualquer hora, como é o caso do Visa Travel Money.

As possibilidades de uso são tantas e a cada dia mais as empresas passam aceitar estes cartões. Até a empresa de metro do Rio de Janeiro aceita para pagamento do bilhete nas linhas 1 e 2.

Como já falamos, o consumidor vai ter algumas despesas com este cartão por contas tarifas de recarga, saques, etc. Porém os cartões de crédito também tem tarifas, e caras, como anuidades e, pior, se o consumidor não tiver controle e gastar mais do que pode pagar, a conta vira uma bola de neve por conta dos juros que são altos. Isto não vai acontecer com o cartão pré-pago, pois você, só e unicamente, poderá gastar o valor da recarga. Se você já enfrentou problemas com a fatura do cartão de crédito entende muito bem o que estamos falando e com certeza, depois de analisado o custo-beneficio, o pré-pago se torna mais vantajoso e seguro.