Fraude em cartão corporativo no Ministério do Trabalho

In CategoryBlog
Byadmin

Foi realizada esta semana uma operação da Polícia Federal de combate a fraudes e desvio de dinheiro público relacionada ao cartão corporativo utilizado pelo Ministério do Trabalho e Emprego no estado de Rondônia. Até o momento seis servidores públicos foram presos e, consequentemente, suspensos de sua função pública. Entre os servidores presos está Ludma de Oliveira Correa Lima, que é superintendente regional do ministério e já acumula vários escândalos nessa função. Ela está sendo acusada dos crimes de peculato e associação criminosa. Outras nove pessoas foram conduzidas para depoimento e mais dez mandados de busca e apreensão foram expedidos e cumpridos. Com os mandados foi possível recolher os cartões que supostamente estariam sendo usados para as fraudes e o desvio do dinheiro público.>

Você pode ler mais aqui.

Leave a Reply